Início / Sem categoria / Como se vivem os relacionamentos íntimos na atualidade?

Como se vivem os relacionamentos íntimos na atualidade?

Todos os tipos de relações têm mudado ao longo dos anos e os relacionamentos íntimos não são exceção. A maneira como os casais encaram a intimidade tem-se alterado ao longo dos anos para uma situação onde o casal fica a perder: há mais traições e cada vez as pessoas têm mais parceiros durante a sua vida. Será um dado negativo ou positivo? Veja o nosso artigo e perceba de que forma os relacionamentos íntimos são vividos na atualidade e quais as diferenças com o passado.

relacionamentos íntimos

Os relacionamentos íntimos na atualidade

Mais parceiros íntimos – Na atualidade e ao longo da vida de cada pessoa foi registado um maior número de parceiros íntimos por pessoa. É importante referir que a vida sexual também tende a iniciar-se mais cedo e por esse mesmo motivo o número de parceiros tende a subir. Mais parceiros íntimos revelam experiência contudo revelam também mais desconfiança e insegurança acerca da sexualidade do parceiro.

Mais à vontade – Apesar da maior experiência os relacionamentos íntimos na atualidade revelam um maior à vontade relativamente à sexualidade, onde os parceiros estão mais libertos e com uma mentalidade mais abertas. Há menos sexo de ocasião e mais sexo com prazer. O kamasutra é mais diversificado entre os hábitos do casal e cada vez mais existe abertura e conversa entre os elementos acerca do sexo.

Mais infidelidade – De certo modo a falta de importância dada às relações íntimas faz com que existam maiores números de infidelidade independentemente das idades.

Mais intimidade sem amor – Ao passo que as relações íntimas aumentam as relações sem amor aumentam também. Atualmente o sexo já não implica amor e qualquer pessoa está no seu direito de viver uma relação íntima sem qualquer laço amoroso. Podem ser simplesmente amigo ou apenas encontros ocasionais, tudo é possível quando a felicidade está em questão.

Mais cumplicidade a todos os níveis – A abertura a nível íntimo possibilita também uma maior cumplicidade a todos os níveis. Com uma relação sexual mais aberta existe uma cumplicidade maior, uma troca de experiências e um incentivo a conversa e ao desabafo nas mais variadas situações.

Os relacionamentos íntimos mudam ao longos dos séculos e cada vez mais existe a tendência para a liberdade relativamente à intimidade. Esta maior intimidade poderá fortalecer a relação do casal e é sem dúvida uma das bases mais importantes para viver uma relação saudável.

Veja Também

elaborar um perfil atrativo

Como elaborar um perfil atrativo

Os sites de relacionamentos on-line são ótimas formas para conseguir conhecer novas pessoas, no entanto, …

Um comentário

  1. Marco Antonio Negro

    Sou uma Pessoa Carinhosa gosto de fantasia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *